Segunda, 30 de novembro de 2020   -     16:48 |

Zeta atinge México como furacão

Foto: Reprodução

Os avisos de furacão estão em vigor para Punta Allen a Progreso, México e Cozumel.
De acordo com previsões do meteorologista Claude Aultman, da StormGeo, o furacão Zeta volta a se transformar em uma tempestade tropical na manhã desta terça-feira(27). Mesmo assim, os ventos ainda serão muito intensos em grande parte de Yucatán. Há expectativa de chuva intensa em pontos do extremo oeste de Cuba e no norte de Belize, enquanto as chuvas pesadas também se espalham sobre Yucatán. A previsão é de valores entre 100 e 200mm, com chance de valores mais altos em algumas áreas.

Ainda de acordo com informações da StormGeo, Zeta deve recuperar a intensidade de furacão no sul e centro do Golfo do México entre esta tarde e o início da quarta-feira(28).

Riscos
Com a força dos ventos, não se descarta a possibilidade de interrupção de energia em algumas áreas. Por seu grande volume acumulado, a chuva deve provocar problemas e há chance de inundações costeiras.

Sobre a Climatempo

Com solidez de 30 anos de mercado e fornecendo assessoria meteorológica de qualidade para os principais segmentos, a Climatempo é sinônimo de inovação. Foi a primeira empresa privada a oferecer análises customizadas para diversos setores do mercado, boletins informativos para meios de comunicação, canal 24 horas nas principais operadoras de TV por assinatura e posicionamento digital consolidado com website e aplicativos, que juntos somam 20 milhões de usuários mensais.

Em 2015, passou a investir ainda mais em tecnologia e inovação com a instalação do LABS Climatempo no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP). O LABS atua na pesquisa e no desenvolvimento de soluções para tempo severo, energias renováveis (eólica e solar), hidrologia, comercialização e geração de energia, navegação interior, oceanografia e cidades inteligentes. Principal empresa de consultoria meteorológica do país, em 2019 a Climatempo uniu forças com a norueguesa StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão.

A fusão estratégica dá à Climatempo acesso a novos produtos e sistemas que irão fortalecer ainda mais suas competências e alcance, incluindo soluções focadas nos setores de serviços de energia renovável. O Grupo segue presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 35 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

Dê sua opinião: