Quinta, 17 de outubro de 2019   -     15:03 |
5000onon

Zé Filho visita unidades do SESI e SENAI com o presidente da CNI, Robson Braga

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI), Zé Filho, visitou, em Teresina, unidades do SESI e SENAI com o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, na manhã desta quarta-feira (18/09). A comitiva também contou com a presença do presidente da FIEMA, Edilson Baldez. As duas unidades irão ganhar uma estrutura mais moderna e adequada as necessidades atuais. 


Na Escola SESI, Conselheiro Saraiva, localizada na zona sul de Teresina, Robson Braga foi recebido pelos alunos e o diretor Regional do SENAI e Superintendente do SESI, Mardônio Neiva, onde o presidente da CNI conheceu as instalações, conversou com alunos e assistiu a apresentações de projetos desenvolvidos pelos estudantes.

"Estamos conhecendo algumas escolas do SESI e SENAI a convite do presidente da Federação do Piauí, José Filho. Nos dá muito ânimo quando vemos a indústria investir na formação das crianças. Aqui vejo meninos inteligentes, preparados. Isso é que vai mudar o Brasil”, explica Robson Braga.

O presidente da FIEPI ressaltou a importância da visita do presidente Robson Braga para que ele conhecesse a realidade e a necessidade dos investimentos.

 “Ele teve a oportunidade de autoizar os recursos para nova escola do SESI e para o Centro de Formação Profissional do SENAI. Era uma necessidade que tínhamos porque essas escolas são da década de 70 e agora temos oportunidade de modernizar com esse apoio da CNI. O SESI queremos começar a construir em breve e o SENAI já está com obras em andamento”, complementou Zé Filho.

 

Ainda na manhã desta quarta-feira, o presidente da CNI teve a oportunidade de visitar as obras do Centro de Formação Profissional Candido Athayde, localizado na zona norte da cidade. Durante visita ao canteiro de obras, Robson Braga conheceu o detalhamento do projeto e reiterou o apoio nas demandas da FIEPI.

* Com informações da Ascom FIEPI

Dê sua opinião: