Domingo, 07 de março de 2021   -     03:09 |

Wellington quer transformar fundos de dívida ativa e imobiliários em investimentos

O governador Wellington Dias e a superintendente de Parcerias e Concessões do Estado, Viviane Moura, reuniram-se, nessa segunda-feira (25), em São Paulo, com representantes da Companhia Paulista de Securitização (CP Sec), ocasião em que discutiram sobre uma parceria para transformar fundos de dívidas ativas e recebíveis, bem como fundos imobiliários, em investimentos no Piauí.

Um dos diretores da CP Sec, Max Freddy Frauendorf, apresentou como transformar esses instrumentos em receitas e investimentos.

De acordo com o governador, a Companhia Paulista de Securitização irá assessorar o Governo do Piauí. 

“O objetivo é garantir que todos os recebíveis e o fundo imobiliário seja da parte do Estado, das autarquias, ou das empresas, possam ter uma condição de trabalho que gere receita para o Estado, ou de recuperação de receita e ter uma equipe especializada para esse trabalho. Aqui acertamos uma parceria em que eles possam nos assessorar em relação ao Piauí. Já temos um fundo da dívida ativa, que tem os créditos, os recebíveis, chega a cerca de R$ 7 ou 8 bilhões, temos um fundo imobiliário, com aproximadamente R$ 12 bilhões, e precisamos transformar isso em instrumento para investimentos no Piauí”, afirmou Wellington Dias.

Fonte: Ascom

Dê sua opinião: