Terça, 26 de maio de 2020   -     20:42 |

Urgente: Segunda morte por coronavírus é confirmada no RJ

 Foto: Divulgação 

Na noite desta terça-feira (17), um paciente de 69 anos, que tinha os sintomas do novo coronavírus, morreu no Hospital Icaraí, em Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A unidade de saúde emitiu um comunicado sobre o caso.

O texto informou que o homem morreu por choque séptico e pneumonia. Ele possuía história epidemiológica para o COVID-19.

A viúva dele está internada no mesmo hospital e apresenta quadro estável. O enteado da vítima não foi atendido pelo Hospital Icaraí, mas veio de Nova Iorque, nos Estados Unidos, com teste positivo para a doença Covid-19, com quadro iniciado no dia 11 de março de 2020.

– O paciente, além da idade, possuía comorbidades que o colocaram no grupo de risco – explicou o comunicado.

O homem era hipertenso e teve insuficiência respiratória aguda.

Ainda sobre o caso, a unidade de saúde fez questão de destacar que “segue todos os protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde e Vigilância Sanitária”.

Leia, abaixo, o comunicado, na íntegra:

Boletim Hospital Icaraí – COVID-19

Status do Coronavírus no Hospital Icaraí (17/03)

Neste momento, comunicamos um óbito por Choque Séptico e Pneumonia.

O paciente, um homem de 69 anos, possuía história epidemiológica para o COVID-19 (o enteado, que não foi atendido pelo Hospital Icaraí, veio de Nova Iorque, EUA, com teste positivo), com quadro iniciado no dia 11 de março de 2020. O paciente, além da idade, possuía comorbidades que o colocaram no grupo de risco.

O quadro do paciente evoluiu com insuficiência respiratória aguda, sendo imediatamente submetido à entubação orotraqueal e colocado em ventilação mecânica. Ele veio a óbito às 19 horas e 08 minutos desta terça-feira, 17.

O Hospital Icaraí segue todos os protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde e Vigilância Sanitária. Nosso compromisso é com o bem-estar da população e de quem necessita dos nossos serviços. Prezamos pelo cumprimento de nossos valores e de nossa missão: salvar e preservar vidas.

Nos colocamos à disposição, por meio da nossa área de Comunicação ([email protected]), para quaisquer esclarecimentos, com a finalidade de que sejam evitadas disseminação de informações inverídicas.  

* Com informações do Pleno News 

Dê sua opinião: