Segunda, 30 de novembro de 2020   -     18:05 |

SESAPI tomará medidas mais rígidas para prevenir segunda onda da covid-19 no Piauí

Foto: Divulgação

O secretário de saúde do Piauí, Florentino Neto, concedeu uma entrevista na manhã desta segunda-feira, 19 de outubro, ao programa Bom Dia Meio Norte, onde falou sobre o aumento diário do número de casos e óbitos de coronavírus no Piauí e as medidas que a Secretaria vai tomar para evitar uma possível segunda onda.

Aumentou para 14 os municípios que suspenderam campanha eleitoral para barrar aumento da Covid-19 no Piauí. A Promotoria de Justiça Eleitoral da 69ª Zona e os candidatos às eleições majoritárias dos municípios de Nova Santa Rita, Pedro Laurentino e Capitão Gervásio Oliveira, realizaram reuniões que resultaram na celebração de Termo de Ajuste de Conduta, para suspender atos de campanha coletivos, como comícios, carreatas, caminhadas e reuniões agendadas pelos candidatos até o dia 30 de outubro de 2020.

Antes, 11 municípios do Piauí tinham suspendido as campanhas eleitorais por causa do aumento de casos e mortes por Covid-19 no Estado.

“A nossa responsabilidade nesse momento é o que nós estamos vendo dia a dia, o numero de casos de Covid aumentando, numero de óbitos também, nos estávamos em uma média que dava uma condição de estabilidade, tínhamos um declínio e agora voltamos a ter uma média que demonstra uma perspectiva de crescimento, tudo isso nos coloca em um nível de responsabilidade. Sabemos das dificuldades que passamos, o Piauí foi um dos estados que teve o enfrentamento da covid exemplar, mas agora nós realmente temos uma elevação de casos dia a dia em mais de 200 municípios”, afirmou o secretário.

“Algumas cidades por si só já buscaram tomar medidas restritivas a campanha eleitoral, isso é importante, demonstra um compromisso e o entendimento dessas pessoas, no entanto nós temos que entender que temos que tomar medidas mais gerais, que possam atingir todos os municípios. Essas medidas vão ser tomadas ainda hoje pelo Centro de Operação de Emergência, vão fazer parte de um decreto estadual e esse decreto pode ser utilizado pela justiça eleitoral. A gente sabe que o direito de participação politica é constitucional, a autoridade sanitária não pode restringir, mas a partir do momento que a autoridade sanitária expõe as dificuldades, as consequências com aglomerações, passeatas, carreatas, comícios, efetivamente a justiça eleitoral leva em consideração o pronunciamento das autoridades”, disse.



Dê sua opinião: