Sexta, 22 de janeiro de 2021   -     21:44 |

Mulher morre de câncer cervical após 15 erros de diagnóstico na Inglaterra

A jovem Emma Swain, de 23 anos, morreu com complicações de um câncer cervical, após 15 erros na tentativa de diagnosticar a doença na Inglaterra. De acordo com o jornal Daily Mirror, a jovem sempre foi “informada para não se preocupar”, apesar de um exame simples ser capaz de identificar o quadro.

A jovem passou a sentir os primeiros sintomas da doença em maio de 2013. Nessa época, Emma ouviu que era “jovem demais para se preocupar com um câncer” e que os desconfortos que ela sentia eram causados pelas pílulas anticoncepcionais que estava tomando.

Apenas em dezembro de 2013, o diagnóstico de câncer foi feito, mas já era tarde. “Ter visto um de meus filhos passar por isso e saber que isso poderia ter sido evitado é incrivelmente difícil de aceitar”, disse o pai da jovem Darren, de 51.

Após 6 anos de batalha judicial, a família de Emma recebeu uma indenização pela negligência médica. Dois médicos e uma enfermeira do grupo The Haling Park Partnership pediram desculpas pela morte da jovem.

“Admitimos que se os cuidados e o tratamento prestados à sua filha tivessem sido de um padrão razoável, no equilíbrio das probabilidades, ela teria sobrevivido”, diz um comunicado emitido pelo grupo.

Dê sua opinião: