Segunda, 30 de novembro de 2020   -     17:56 |

Motoristas de ônibus fazem paralisação nesta quarta em Teresina

Foto: Divulgação

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresários Rodoviários do Piauí (Sintetro), informou que nesta quarta-feira (28) a categoria irá realizar uma nova paralisação em Teresina.

De acordo com o Sintetro, a categoria reivindica o pagamento do plano de saúde e ticket de alimentação, que foram terminados pelo Tribunal Regional do Trabalho do Piauí (TRT), além do piso salarial e condições dignas de trabalho.

Segundo o presidente do Sintetro, Ajuri Dias, os trabalhadores irão manter a frota de 70% nos horários considerados de pico, e 30% da frota em circulação nos demais horários. O sindicalista afirma que a decisão pela nova paralização foi tomada devido ao não cumprimento das terminações do TRT por parte dos empresários.

Por meio de nota, o sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), afirmou que foi informado sobre as possibilidades da greve, mas não entende os motivos que os trabalhadores do Sintetro alegam. O Setut disse ainda que a assessoria jurídica analisa o caso para que sejam tomadas as providencias cabíveis.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) informou em nota que vem acompanhado as negociações e que caso seja deflagrada a greve será garantida a circulação dos veículos alternativos com 86 ônibus e micro-ônibus cadastrados.

Confira a nota da Strans:

A Strans informa que vem acompanhando as negociações entre o Setut e o Sintetro e torce para que patrões e empregados entrem em acordo com relação às questões reivindicadas.

Caso a greve seja deflagrada, nesta quarta-feira, 28, será garantida a circulação dos veículos alternativos para atender usuários do transporte público, com 86 ônibus e micro-ônibus cadastrados pela Strans.


Dê sua opinião: