Terça, 13 de abril de 2021   -     16:00 |

FMS reorganiza Unidades Básicas de Saúde exclusivas Covid

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina realizou no mês de fevereiro, uma pesquisa na qual constatou que o número de atendimentos de casos suspeitos Covid-19 nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) diminuiu. Em dezembro de 2020, o número de atendimentos nas UBS Covid foram 54.601, já em janeiro de 2021 esse número caiu para 39.117 e até a data de hoje, 24, foram 27.887 atendimentos. Portanto, a rede de saúde municipal redimensionou a quantidade de Unidades Básicas de Saúde específicas para casos Covid.

A partir de agora, a capital contará com 13 Unidades Básicas de Saúde exclusivas para atendimentos de síndromes gripais. Zona Norte: UBS Real Copagre e UBS Santa Maria da Codipi; zona Leste: UBS Taquari e UBS Gurupi; zona Sudeste: UBS Todos os Santos e UBS Carlos Alberto Cordeiro e zona Sul: UBS Parque Piauí, UBS Monte Castelo, UBS Hugo Prado, UBS Irmã Dulce, UBS São Pedro, UBS Dagmar Mazza e UBS Betinho.

“A reorganização serve para oferta de outros serviços nas outras 80 UBS como acompanhamento de pré-natal, atendimento aos hipertensos e diabéticos, vacinação, atendimento às pessoas em tratamento de tuberculose e hanseníase, oferta de exames de citologia para controle do câncer uterino, dentre outras atividades”, disse Ayla Calixto, da Diretoria de Ações Estratégicas da FMS.

Teresina possui 93 Unidades Básicas de Saúde e 260 Equipes de Saúde da Família. Por conta da pandemia, no ano de 2020 foram deslocados os serviços rotineiros de 20 UBS, que passaram a realizar exclusivamente atendimentos de casos suspeitos de Covid-19. Essas Unidades Básicas apoiaram a rede hospitalar para que não ocorresse sobrecarga de atendimento nesses ambulatórios.

Dê sua opinião: