Sexta, 07 de agosto de 2020   -     01:10 |

Covid-19: Epidemiologista diz que isolar população inteira é um erro

 Foto: Divulgação/Universidade de Stanford  

O médico epidemiologista John Ioannidis, da Universidade de Stanford, Estados Unidos, se manifestou contra seus pares e defendeu que o isolamento de populações inteiras traz mais danos do que benefícios no combate ao novo coronavírus.  

Ele afirmou que o risco de morte pela doença é muito menor do que as estimativas iniciais apontaram, e que para indivíduos abaixo dos 45 anos esse risco “é quase zero”.  

O epidemiologista também afirmou que fica triste em perceber que a decisão de isolar populações inteiras foi baseada em dados matemáticos errados. Segundo ele, a taxa média de mortalidade entre os infectados é de 0,25% e não entre 3% e 5% como se avaliava no início da pandemia.

– Sinto-me extremamente triste porque minhas previsões estavam corretas. Já aconteceram consequências sérias na economia, na sociedade e na saúde mental. De forma similar, nós já começamos a ver as consequências da crise financeira, agitações e conflitos sociais – declarou.  

* Com informações do Pleno News

Dê sua opinião: