Domingo, 18 de agosto de 2019   -     06:35 |
5000onon

Urgente: CPI para abrir caixa-preta do Judiciário será apresentada no Senado

O senador Alessandro Vieira acaba de conseguir as 27 assinaturas necessárias para apresentar o requerimento de criação da CPI Lava Toga, diz O Antagonista.

Alessandro Vieira, autor do requerimento de criação da CPI Lava Toga, subiu à tribuna do Senado para explicar sua proposta. O senador do PPS de Sergipe disse que o “objetivo é abrir a caixa-preta do Poder Judiciário, o único que permanece intocável”.

Imagem: Senador coleta assinaturas de colegas (Reprodução/Brasil no Ato)

Ele ponderou que “CPI não foi feita para apurar crimes nem para achacar ninguém, embora tenha sido desvirtuada”.

“CPI é destinada para apurar fatos com relevância nacional. Se encontrarmos crimes, os fatos serão encaminhados aos órgãos competentes.”

Vieira acrescentou:

“”Ninguém quer substituir o papel da Lava Jato, claro. Queremos resgatar o papel do Senado e contribuir.”

Principais proposta apresentadas para criação da CPI (Reprodução/Senado)

Sobre o desalento da população com o resultado de CPIs, Vieira comentou:

“Ao final, se espera que a sociedade tenha o retrato fiel do funcionamento das Cortes Superiores e que sejam apresentadas medidas legislativas para a modernização do sistema, além da apuração de eventuais práticas ilícitas.”

São estes os 27 senadores que querem a apuração interna dos atos da justiça:

1- Alessandro Vieira
2- Marcos do Val
3- Eliziane Gama
4- Reguffe
5- Styvenson Valentim
6- Eduardo Girão
7- Alvaro Dias
8- Selma Arruda
9- Fabiano Contarato
10- Tasso Jereissati
11- Cid Gomes
12- Jorge Kajuru
13- Kátia Abreu
14- Soraya Thronicke
15- Randolfe Rodrigues
16- Leila Barros
17- Sergio Petecão
18- Lasier Martins
19- Major Olímpio
20- Eduardo Braga
21- Luiz Carlos do Carmo
22- Rodrigo Cunha
23- Plínio Valério
24- Jayme Campos
25- Luis Carlos Heinze
26- Telmário Mota
27- Izalci Lucas

Fonte: O Antagonista

Dê sua opinião: