Sábado, 19 de junho de 2021   -     19:01 |

Transmissão de Rádio é interrompida na hora em que vereadora de oposição falava em Brejo

As sessões da Câmara Municipal de Brejo, Maranhão, são transmitidas por uma emissora de rádio. Na última sexta-feira (21), falaram os vereadores José Carlos e Adenilson, os dois da base do prefeito.

No momento em que a vereadora Lúcia Lima foi falar, que é de oposição, a transmissão foi interrompida. Isso causou uma revolta muito grande em setores da população brejenses. 

A vereadora tem sido sistematicamente vítima de perseguição. 

Nos tempos em que as mulheres são altamente valorizadas, Lúcia Lima é um exemplo, porque veio de baixo, lutou muito para se formar e se eleger, uma pessoa pobre, do baixo comum, teve muita dificuldade na vida, teve que sair para trabalhar em Teresina, onde estudou e passou para concurso para professora.

Lúcia tem potencial para se eleger no município de Miguel Alves do Piauí, onde é muito querida, onde comadres e compadres da vereadora são mais de duzentos, mesmo assim, resolveu lutar por Brejo, pelo povo de sua terra natal e, por ter uma postura firme para fiscalizar os recursos públicos e trabalhar em função da população, recebe esse tipo de discriminação.

Dê sua opinião: