Quarta, 30 de setembro de 2020   -     11:17 |

Sudene tem previsão de investir R$ 29 bilhões no Nordeste em 2020

O governador Wellington Dias participou, nesta quarta-feira (12), em Brasília, de audiência com o superintendente da Sudene, Douglas Cintra. “A Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste é o principal órgão articulador do Brasil para região Nordeste e também para os estados de Minas Gerais e Espírito Santo”, disse o governador, enfatizando que Douglas Cintra é respeitado pelo setor empresarial, por estados e municípios, pela bancada federal na Câmara e Senado, e também pelo Fórum de Governadores do Nordeste.

Segundo Wellington, para este ano, a Sudene tem um valor significativo para investimentos no Nordeste. “É algo em torno de 29 bilhões de reais e 14% desse valor é para investir no Piauí pelo plano traçado e que contou com a participação de setores público e privado”, afirma o governador.

Na audiência, o governador destacou a importância de projeto piloto da Sudene junto com os ministérios da Justiça e Cidadania com foco na moderna forma de encarar o problema de segurança e que já trouxe resultados positivos para o Piauí. “Somos estado com o menor número de homicídios no Nordeste e estamos na 5ª melhor posição na segurança”, diz o governador.

Durante o encontro, Wellington diz que tratou a respeito do projeto de criação de um fundo de aval que permita as condições de ampliar investimentos em novas áreas, como a de tecnologias avançadas para o Nordeste.

O superintendente Douglas Cintra destacou o trabalho feito por Wellington Dias como articulador. “Esse trabalho de relacionamento é importante para o Nordeste e todo o Brasil”, disse, enfatizando que a parceria com o Piauí e o Nordeste reforça a presença do Governo Federal na região. “O presidente Jair Bolsonaro tem demonstrado interesse no desenvolvimento da região”, declarou, informando ainda a importância da integração entre estados e Governo Federal na busca de soluções para melhorar a vida da população. “Estamos de portas abertas para receber governadores que tragam boas ideias e queiram trabalhar por um novo Brasil, um novo Nordeste”, afirmou o superintendente.


* Com informações da CCOM

 

Dê sua opinião: