Sábado, 20 de julho de 2019   -     12:41 |
5000onon

Saiba quem são os parlamentares que votaram para tirar o Coaf de Sergio Moro

A comissão especial formada por deputados federais e senadores que aprecia a Medida Provisória 870, que redefine a estrutura da Esplanada dos Ministérios, decidiu retirar o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) da esfera do Ministério da Justiça e Segurança Pública, comandado por Sergio Moro. Foram 14 votos favoráveis e 11 contra, em um resultado que contraria a orientação de Moro.

O tema ainda precisa ser votado nos plenários da Câmara e do Senado. A decisão da comissão especial é uma derrota para Moro, que passou os últimos dias em reuniões com diversos deputados para buscar a manutenção do Coaf em sua pasta. Também foi uma derrota para Bolsonaro, que, ao assumir, transferiu o Coaf do Ministério da Economia para o da Justiça.

Quem votou para retirar o Coaf do Ministério da Justiça:

Nelsinho Trad, senador (PSD-MS)
Jean Paul Prates, senador (PT-RN)
Rogério Carvalho, senador (PT-SE)
Jayme Campos, senador (DEM-MT)
Valtenir Pereira, deputado (MDB-MT)
Elmar Nascimento, deputado (DEM-BA)
Celio Silveira, deputado (PSDB-GO)
Arthur Lira, deputado (PP-AL)
Marx Beltrão, deputado (PSD-AL)
Subtenente Gonzaga, deputado (PDT-MG)
Alexandre Padilha, deputado (PT-SP)
Luiz Carlos Motta, deputado (PR-SP)
Camilo Capiberibe, deputado (PSB-AP)
Ciro Nogueira, senador (PP-PI)

Quem votou para manter o Coaf no Ministério da Justiça:


Fernando Bezerra Coelho, senador (MDB-PE)
Simone Tebet, senadora (MDB-MS)
Antonio Anastasia, senador (PSDB-MG)
Rose de Freitas, senadora (PODE-ES)
Juíza Selma, senadora (PSL-MT)
Randolfe Rodrigues, senador (REDE-AP)
Alessandro Vieira, senador (CIDADANIA-SE)
Otto Alencar, senador (PSD-BA)
Filipe Barros, deputado (PSL-PR)
Diego Garcia, deputado (PODE-PR)
Daniel Coelho, deputado (CIDADANIA-PE)"

Dê sua opinião: