Quarta, 27 de maio de 2020   -     22:15 |

Ministro do Turismo conhece litoral do Piauí e libera R$ 8 milhões para Serra da Capivara

O governador Wellington Dias acompanhou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, em visita ao litoral do Piauí, nesta segunda-feira (13). O gestor federal conheceu as potencialidades da região, como o Delta do Parnaíba e a Rota das Emoções, e liberou cerca de R$ 8 milhões para investimentos na região de São Raimundo Nonato.

Marcelo Álvaro Antônio veio acompanhado de empresários, como gestores do Grupo Nômade, um dos maiores fundos de investimentos do mundo hoje. O secretário de Estado de Turismo, Flávio Junior, e prefeitos participaram da recepção ao ministro.

O gestor reforçou a importância dessa parceria e de investir no turismo piauiense. “Trouxemos um grupo de investidores, o Grupo Nômade, que fizeram todos aqueles investimentos em Tulum, no México. Anunciamos ainda R$ 8 milhões para a Serra da Capivara para conseguirmos estruturar melhor o receptivo do turista naquela localidade. O objetivo principal é a atração de investimentos para a Rota das Emoções”, disse Marcelo Álvaro.

“Fico feliz em receber o ministro e sua equipe, que mostram interesse em trabalhar na região algumas rotas importantes, como a Rota das Emoções, sob a forma de um consórcio que envolve Piauí, Maranhão e Ceará, municípios e o governo federal. O objetivo aqui é a atração de investimentos privados a partir de um projeto bem elaborado, a chamada Rota das Emoções, que vai da região de Jericoacoara em direção ao Delta do Parnaíba e aos Lençóis Maranhenses”, explicou o governador.

Ainda segundo Wellington, foi acertado com o ministro um projeto específico para a rota. “Precisamos desenvolver as condições de voo charter inicialmente ou voo comercial para alguns países. Nós já temos uma ligação hoje com Fortaleza e Recife, precisamos de uma ligação com Salvador, integrar mais com Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, para, com isso, tanto por meio dos aeroportos, mas também ter um olhar para Porto Marina, pensando também no acesso do turista pelo mar, de outros países e mesmo do Brasil”, especificou Dias.

O chefe do executivo estadual destacou ainda a importância de reeditar o programa Prodetur Nordeste. “Estou aqui também em nome do Consórcio Nordeste, e trouxe uma proposta que ele aceitou, de realizarmos até o mês de fevereiro duas agendas, uma no Brasil, onde vamos trabalhar no chamado Prodetur, no qual tivemos uma agenda no ano passado com o Banco Interamericano e BNDES. Vamos organizar uma agenda que deve ocorrer até o fim de fevereiro, na Europa, que terá como foco uma reunião com a comunidade europeia em Bruxelas e na Espanha, com foco principal no turismo. Acredito que essa presença do Ministério das Relações Exteriores e agora do Turismo vai fortalecer ainda mais essa integração de municípios, estados e governo federal e o setor privado, esse último como elemento importante”, pontuou Wellington.

“Fizemos o convite ao ministro no ano passado para que ele pudesse sentir de perto toda riqueza do nosso Delta do Parnaíba, além disso também aproveitamos para destacar nossas demais potencialidades. Estamos muito felizes com a vinda dele e sobre o que conversamos”, finaliza Nogueira Júnior. 

* Com informações da CCOM/PI

Dê sua opinião: