5000onon

Maia sobre acesso a dados de Bolsonaro: 'É gravíssimo'

 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil 

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a violação dos dados fiscais do presidente Jair Bolsonaro e seus familiares é um ato "gravíssimo". À reportagem, Maia ressaltou que a Receita Federal deve abrir procedimento imediato para afastar do serviço público quem acessou as informações ilegalmente. 

"É gravíssimo. A Receita deveria abrir logo procedimento para afastá-los do serviço público", disse à reportagem.

Em nota divulgada nesta sexta-feira, 5, a Receita identificou que dois servidores do órgão acessaram de maneira irregular dados fiscais do presidente e de integrantes de sua família.

O órgão abriu sindicância para apurar as circunstâncias do acesso às informações e concluiu que não havia motivação legal para esse ato. A Receita notificou o caso à Polícia Federal e abriu procedimento para apurar a "responsabilidade funcional" dos envolvidos.

A Receita não informou quais integrantes da família de Bolsonaro tiveram seus dados acessados. 

* Com informações do Estadão Conteúdo 

Dê sua opinião: