Sábado, 20 de julho de 2019   -     07:17 |
5000onon

Governo vai apoiar treinamento de alunos para melhorar desempenho na OBMEP

 Na manhã desta terça-feira (2), a organização do evento visitou o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles (Ascom Sefaz)

O Piauí se prepara para fazer bonito na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, a OBMEP 2019, que será realizada no final de julho e vai reunir os cem alunos com melhor desempenho no evento de 2018. O objetivo é ampliar o número de medalhas na edição deste ano.

Na manhã desta terça-feira (2), a organização do evento visitou o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, bacharel em Matemática e vencedor de várias olimpíadas internacionais. Segundo o gestor, o governador Wellington Dias vai garantir apoio ao evento. “Vamos trazer 100 alunos destacados nas Olimpíadas de Matemática para um treinamento mais aprofundado durante uma semana aqui em Teresina, no sentido de fazer que eles melhorem o desempenho e possam contribuir com mais medalhas”, explica Antonio Cardoso do Amaral, presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi).

Professor Amaral, como é conhecido, é uma referência no país quando o assunto é a OBMEP. Ele é docente da escola Augustinho Brandão, de Cocal dos Alves, uma das campeãs em medalhas na olimpíada. A primeira participação de seus alunos na Obmep aconteceu em 2005, quando emplacou de cara 25 classificados na fase final com 17 premiações.

O treinamento – que tem apoio da Rede Pense Piauí – deve acontecer entre 27 de julho a 2 de agosto. “Na volta do treinamento queremos que eles liderem grupos de estudos e deem alguma contribuição na melhoria do ensino em suas cidades”, ressaltou o secretário Rafael Fonteles.

João Xavier da Cruz Neto, pró-reitor de pesquisa e inovação da UFPI, disse que um evento semelhante foi feito em 2004. Hoje, segundo ele, muitos são médicos e professores. “Estamos replicando um evento que fizemos em 2004 quando o Rafael ainda era nosso aluno. Ele ministrou aulas nesse projeto, elaborou questões dessas olimpíadas e desse projeto de 2004 hoje temos vários médicos, matemáticos, professores da UFPI. Foi um sucesso. As pessoas mudaram sua trajetória de vida. Queremos mudar a expectativa de vida desses meninos”, afirma.

Para o médico Benjamim Pessoa Vale, idealizador da Rede Pense Piauí, o treinamento é uma forma de investir nos talentos do Piauí. “Vamos tentar alavancar esses talentos para a Olímpiada de Matemática. A finalidade é aumentar o número de medalhas olímpicas para o nosso estado, mas além disso a carreira desses jovens. A matemática disciplina, orienta a carreira, aguça o raciocínio, amplia visão. A educação transforma. Nós trabalhamos para o desenvolvimento do estado. No momento que alavancarmos os talentos, as pessoas, aumentamos a chance de desenvolvimento e criamos liberdade em todos os setores. Basta multiplicar os talentos”, declara.

O treinamento vai acontecer no auditório da Fetag. A OBMEP 2019 vai acontecer no dia 29 de setembro.   

* Com informações da Ccom/PI

Dê sua opinião: