Quinta, 23 de janeiro de 2020   -     15:09 |
5000onon

Governo acompanha andamento das obras de duplicação das BRs no período chuvoso

O secretário de Estado do Planejamento, Antonio Neto, acompanhado de técnicos da Seplan e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) realizou, nesta segunda-feira (13), visita de monitoramento às obras de duplicação das BRs 343 e 316, em Teresina. O objetivo foi avaliar o andamento dos serviços com o início do período chuvoso.

De acordo com o secretário, a obra está dentro do cronograma e avançou significativamente nos últimos meses. “Nós temos hoje realizado ¼ da obra. Agora no mês de janeiro nós teremos uma parte de adequação, com terraplanagem e bueiros, que é a infraestrutura, para depois começarmos a parte asfáltica. Então, há uma evolução muito boa dos trabalhos”, avaliou Antonio Neto. 


O gestor confirmou ainda que, no fim do ano de 2019, houve liberação de R$ 28 milhões por parte do BNDES, o que garante o cronograma de execução da obra, do ponto de vista financeiro. O principal desafio agora é manter o cronograma previsto com a chegada do período chuvoso. Para tanto, segundo o secretário, a construtora está montando uma estratégia de preservação dos serviços, evitando que trabalhos realizados durante o dia sejam prejudicados, principalmente à noite, devido às fortes chuvas. 


A equipe de monitoramento da superintendência de Projetos da Seplan já realizou uma média de 20 visitas de avaliação às BRs. A reunião, no próprio canteiro de obras, com a equipe fiscalizadora, equipe executora e de monitoramento, vai resolvendo os problemas que vão surgindo no decorrer da execução dos serviços. 

O superintendente de Gestão de Projetos da Seplan, Nuno Bernardes, explicou que, durantes as reuniões de monitoramento, são pactuadas as ações, mapeados os riscos que possam vir a afetar a obra, no intuito de minimizar e eliminar problemas. “São obras de grande complexidade, que envolvem não só a execução em si, mas todo um complexo de pessoas. E é uma determinação do governador e do secretário Antonio Neto que essas reuniões sejam feitas semanalmente”, disse Bernardes.  

* Com informações da CCOM/PI


Dê sua opinião: