Sexta, 19 de agosto de 2022   -     11:25 |
5000onon

Eleições de 2022 têm recorde de pessoas aptas a votar: 156 milhões

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou que a eleição de 2022 têm 156,4 milhões de pessoas aptas a votar. De acordo com o presidente do TSE, ministro Edson Fachin, esse é o maior eleitorado cadastrado da história brasileira.

Segundo as estatísticas da Justiça Eleitoral, houve um aumento de 6,21% do eleitorado desde as últimas eleições gerais do país, em 2018. Naquele pleito, o número de eleitoras e eleitores habilitados a votar era de 147.306.275 milhões.

“Este é mais um serviço que a Justiça Eleitoral presta, como tem feito em 90 anos de existência, e em mais de 25 anos do sistema eletrônico de votação em prol da democracia, em prol de um sistema seguro, transparente e auditável”, comemorou.

Nas eleições deste ano, 2.116.781 milhões de jovens de 16 e 17 anos poderão votar; em 2018, essa faixa etária alcançou 1.400.617, um crescimento de 51,13%. Somente nos quatro primeiros meses de 2022, o Brasil ganhou mais de dois milhões de novos eleitores jovens.

A votação vai ocorrer em 496.512 mil seções eleitorais distribuídas em 2.637 mil zonas eleitorais. O primeiro turno é em 2 de outubro.

Neste ano, 4,1 milhões de eleitores tiveram o cancelamento do título revertido para as eleições deste ano diante do contexto da pandemia de Covid-19.

Veja destaques do eleitorado brasileiro:

  • Nos últimos quatro anos, o eleitorado no exterior saltou de 500.727 mil em 2018 para 697.078 mil em 2022, o que representa um aumento de 39,21%.
  • Ao todo, são 82.373.164 milhões de eleitoras, o que equivale a 52,65% do total.
  • São Paulo continua a ser o maior colégio eleitoral brasileiro, com 22,16% de todos os eleitores. Isso significa que, a cada cinco votantes no país, um reside em São Paulo.
  • O eleitorado acima de 70 anos também cresceu. O salto foi de 23,82%, indo de 12.028.608 milhões em 2018 para 14.893.281 milhões de idosos em 2022. Esse número representa 9,52% de todo o eleitorado apto a votar no dia 2 de outubro.

Dê sua opinião: