Domingo, 12 de julho de 2020   -     13:00 |

Eduardo Bolsonaro critica portal G1 por insinuação ao terrorismo

 Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo  

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) criticou fortemente uma manchete do portal G1, do grupo Globo, sobre uma apreensão da Polícia Civil do Distrito Federal contra três grupos de direita.

Os agentes foram até uma chácara cumprir um mandado de busca e apreensão e saíram de lá com cartazes, celulares, planejamentos de ações e discursos, um cofre e outros materiais de manifestações.

Os manifestantes também são investigados por porte de armas e no local foi encontrado um facão. Os policiais também levaram fogos de artifícios.

O deputado federal não criticou a ação policial, mas o modo como foi noticiada pelo portal. Para ele, a palavra “extremistas” seria uma forma de insinuar que foram encontradas armas de fogo e drogas e também corrobora para a criação de uma imagem de terrorismo.  

 Foto: Reprodução 

Pouco depois de sua postagem, Eduardo Bolsonaro fez uma nova publicação, afirmando que “a liberdade de expressão corre risco no Brasil” e que o povo tem voz.   

* Com informações do Pleno News

Dê sua opinião: