5000onon

Bolsonaro é aplaudido de pé ao anunciar pacto federativo na 22ª Marcha dos Prefeitos; assista

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) discursou na abertura da XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, nesta terça-feira (09), no auditório do CICB (Centro Internacional de Convenções do Brasil). Durante sua fala, Bolsonaro foi bastante aplaudido pelos prefeitos, deputados e assessores presentes no evento.

Jair defendeu a união da classe política para tirar o país da crise financeira a partir da aprovação da reforma da previdência. Evidenciou, também, as principais ações realizados nos primeiros 100 dias de seu governo.

Bolsonaro anunciou que pretende aprovar o pacto federativo que visa distribuir mais recursos para os estado e municípios, uma pauta defendida há anos pelos gestores.

Ainda sobre a reforma da previdência, Bolsonaro reforçou a fala do presidente da Câmara ao ressaltar aos prefeitos que o país está, atualmente, em uma "encruzilhada", na qual é necessário decidir se faz ou não uma reforma do sistema de previdência.

"Temos uma encruzilhada pela frente. Como disse o Rodrigo Maia aqui, gostaríamos de não ter que fazer a reforma da Previdência, mas somos obrigados a fazê-la", enfatizou.

O presidente da República disse ainda que, em viagens recentes aos Estados Unidos, ao Chile e a Israel, observou que investidores estrangeiros "aguardam uma sinalização" do Brasil em relação ao equilíbrio das contas públicas.

"Nós não podemos continuar sendo, com todo orgulho aos que produzem nessa área, não podemos continuar dependendo nossa economia [sic] apenas de commodities. O Brasil tem que investir em ciência e tecnologia", ponderou.

Assista:

 

Dê sua opinião: