Quinta, 28 de janeiro de 2021   -     00:08 |

Bolsonaro assina decreto que preserva milhões de empregos

 Foto: Carolina Antunes/PR  

Nesta segunda-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que prorroga medidas adotadas pelo governo no combate aos efeitos causados pela pandemia de coronavírus. Com o documento assinado pelo presidente, a possibilidade de suspensão de contrato ou redução de jornada de trabalho e pagamento foi prorrogada por mais 60 dias.  

O presidente falou sobre a medida em suas redes sociais e afirmou que o país “voltou a gerar empregos”. No entanto, de acordo com Bolsonaro, “alguns setores ainda estão com dificuldades em retomar 100%” das atividades e que por isso ele prorrogou o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEM).

– Prorrogando por dois meses um grande acordo, onde o governo entra com parte dos recursos de modo que venhamos a preservar 10 milhões de empregos no Brasil – explicou.

– O Brasil voltou a gerar empregos, mas alguns setores ainda estão com dificuldades em retomar 100% de suas atividades.

– Por isso assinei o Decreto 10.470/2020 prorrogando o Benefício Emergencial por mais 2 meses. Serão cerca de 10 milhões de empregos preservados.  

* Com informações do Pleno News

Dê sua opinião: