Sexta, 07 de agosto de 2020   -     00:45 |

Wellington trata sobre PPPs e investimentos no período pós-pandemia

O governador Wellington Dias participou, nesta quarta-feira (29), da live “Café Online” para falar sobre as Parcerias Público-Privadas (PPPs) do Piauí e dos investimentos pós-pandemia. Participaram também a superintendente de Parcerias e Concessões do Estado (Suparc), Viviane Moura; o presidente da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), Venilton Tadini e representantes das concessionárias que atuam no Piauí: Nova Ceasa, representada pelo diretor James Andrade; Águas de Teresina, representada pelo diretor Cleyson Jacomini; e Edson Ribeiro, representante da Globaltask, responsável pela PPP Piauí Conectado.

A superintendente de Parcerias e Concessões destacou a importância dos projetos de infraestrutura para gerar crescimento e desenvolvimento econômico-social no Piauí. As concessionárias presentes na sala virtual apresentaram seus cronogramas para os próximos seis meses e o que foi realizado durante o período da pandemia. Foram ainda apresentados projetos que estão sendo trabalhados para serem licitados ainda no segundo semestre. “Nosso propósito é basicamente de mostrar para a sociedade como um todo o que está previsto em relação a investimentos em infraestrutura em PPPs já contratadas e falar um pouco sobre a carteira que está projetada ainda para o ano de 2020. Trouxemos as três concessionárias, as que têm mais volume de investimentos para este ano de 2020. Ao todo serão aplicados mais de R$ 140 milhões em infraestrutura pública para melhorar serviços para a população”, disse Viviane Moura.

O governador destacou as ações que já foram realizadas pelas concessionárias no estado e como beneficiaram os piauienses. Wellington ressaltou ainda o trabalho que vem sendo realizado em todas as áreas durante o período da pandemia e o esforço para retomar a economia com segurança por meio do Pro Piauí. “Com a retomada, vamos seguir com a nossa carteira de projetos de PPPs com investimentos que movimentam nossa economia e promovem o desenvolvimento do Piauí, como na energia eólica, agronegócio, energia solar, fruticultura irrigada, serviços e outras áreas importantes”, disse.

O presidente da Abdib, Venilton Tadini, salientou o desempenho do estado com os projetos de PPPs. “O Piauí é sempre um exemplo quando se fala em planejamento e estruturação de projetos com clareza e pragmatismo da relação público-privado. Nem todos os estados, muito menos todos os municípios, têm a capacidade técnica e organicidade que tem o Governo do Piauí”, enfatizou.

O representante da Águas de Teresina enfatizou que o trabalho durante a pandemia não parou e com segurança para todos os colaboradores. “Trabalhamos numa área extremamente importante no período de pandemia que é a questão sanitária. Ela está diretamente envolvida com saúde e prevenção, e água é fundamental nesse processo. Mesmo com todas as dificuldades, em momento algum paramos os investimentos, justamente por compreender que naquele momento qualquer movimentação poderia prejudicar muito a sociedade. Prestamos nossos serviços preocupados com os piauienses em casa e com os que estavam trabalhando conosco”, disse Cleyson Jacomini.

Piauí Conectado

O projeto Piauí Conectado terá novidades no segundo semestre com modernização e segurança. “Para nós do Projeto Piauí Conectado, será um momento especial quando, após um ano de recebimento da ordem de serviço, em outubro, vamos realizar a entrega do nosso data center padrão de segurança mais elevado que temos no Nordeste. Com ele será inaugurado um Centro de Comando e Operação, que é o cérebro da nossa rede que vai funcionar o tempo inteiro. Por meio dele teremos a visualização de todos os pontos de nossa rede”, disse Edson Ribeiro, representante da Globaltask.

Ele destacou ainda que o projeto será expandido para mais 126 cidades. “Em breve teremos o primeiro estado 100% conectado por fibra óptica”, disse o gestor.  

* Com informações da CCOM

Dê sua opinião: