Sábado, 04 de dezembro de 2021   -     13:47 |

Coluna Coluna Feitosa Costa

Médico prefeito decepciona a própria mãe no Piauí

Considerada uma das maiores líderes da cidade de Nossa Senhora dos Remédios do Piauí, Silvânia Oliveira, Presidente da Câmara dos Vereadores, demonstra estar absolutamente decepcionada com os rumos da administração de seu próprio filho, o médico e prefeito José Fernando (PSD), a quem dedicou anos para formá-lo e conduzi-lo à carreira política.  

A Presidente da Câmara é filha de José Fernandes, viúva do ex-prefeito Francisco Brito (o Tintim) e carrega nas veias o sangue da tradicional família Fortes, com histórico e herança política. Ela foi a mais votada na eleição de 2020, com 845 votos, para o cargo de vereadora, sendo parte fundamental da estratégia da vitória de seu filho ao cargo de prefeito. 

No entanto, na última quinta-feira, Silvânia rompeu o silêncio e denunciou, da mesa da presidência do parlamento, que o respectivo município encontra-se abarrotado de pessoas infectadas pela covid-19, sobretudo servidores da educação e da própria saúde, sem nenhum monitoramento por parte da administração pública.

CLIQUE E ASSISTA

A parlamentar disse ainda que o seu próprio filho, o médico José Fernando, nada tem feito para monitorar novos casos da doença e que, por outro lado, só tem investido em festas aos finais de semana. Ela chama atenção, inclusive, da secretária de saúde, Auricélia Gomes.

Numa demonstração de sensibilidade aos moradores mais humildes, que não têm condições financeiras de buscar atendimento especializado, Silvânia relata que foi infectada e que, por uma graça de Deus, conseguiu fazer exames em Teresina, afirmando que nenhuma atitude está sendo aplicada em sua terra natal. 

A firmeza da vereadora, mãe do gestor, ocorreu logo após a fala do vereador e agente de saúde, Ivan Luz, que também apresentou preocupação, pois alguns servidores comissionados, mesmo com sintomas do vírus, estariam indo trabalhar nas escolas por medo de serem demitidos.

Em resposta, o prefeito Zé Fernando postou uma nota de esclarecimento. Ele disse que a mãe busca holofotes, e que sequer estaria morando no município. O gestor negou que profissionais estariam trabalhando infectados e disse que a Secretaria de Saúde do município continua realizando testes na população.

“Ela mesmo usou de aparato desta mesma secretaria de saúde quando mandou através de terceiros atrás de oxímetro de pulso da nossa rede, que a nobre vereadora deve ter se contaminado em Piripiri onde reside atualmente, visto que as portas da sua casa são vistas constantemente fechadas e sem nenhum movimento por parte de populares em nossa senhora dos remédios, que a busca por holofotes e atenção talvez tenha sido o real motivo da sua fala”, disse.

Dê sua opinião: