Sexta, 07 de agosto de 2020   -     00:55 |

Ex-prefeito superfaturou contratos com empresa, diz relatório do TCE-PI

Relatório do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) aponta que o ex-prefeito de Marcos Parente - PI, Gedison Alves Rodrigues, superfaturou contratos quando administrou a cidade de novembro a dezembro de 2016.

No processo de prestação de contas, os técnicos do Tribunal encontraram irregularidades na contratação da empresa "PIEROT HIDD E VELOSO SOCIEDADE  DE  ADVOGADOS" pelo ex-gestor, indicando superfaturamento.

 Segundo consta no relatório, o esquema entre Dr. Gedison e a empresa "custou  aos  cofres  do  município  o  valor  global  de  R$  26.000,00 por um período de 54 dias (de 07/11/2016 a 31/12/2016), perfazendo um valor mensal de aproximadamente  R$  14.444,44,  ou  seja,106%  maior  que  a  contratação  anterior".

Gedison Alves é médico e disputará novamente a prefeitura de Marcos Parente nas eleições deste ano, após ter sido derrotado nas urnas em 2012 e 2016. 

Entretanto, conseguiu assumir a prefeitura dois meses no final de 2016, após a cassação do prefeito anterior. Foi nesse período que superfaturou os referidos contratos, segundo o TCE-PI.  

RELATÓRIO DO TCE-PI.pdf   

* Com informações Isadora Lima de Sousa

Dê sua opinião: