Sábado, 04 de dezembro de 2021   -     13:58 |

Dr. Pessoa toma do café de Ciro Nogueira

O prefeito da capital sentou-se hoje (01) à mesa com o Ministro da Casa Civil, tomou um café forte e ficou até para o almoço. À imprensa, Dr. Pessoa Leal pregou que é preciso esquecer as desavenças que teve com Ciro Nogueira, nas eleições do ano passado.

No cardápio desta segunda, ofertado por Robert Rios, o futuro político do Piauí. Ciro quer Dr. Pessoa e toda a base de gestão de Teresina na campanha contra o grupo do governador Wellington Dias (PT), Rafael Fonteles e do deputado estadual Temístocles Filho (MDB). 

Dr. Pessoa parece ter ouvido do Ministro que pode mesmo assumir o comando da “União Brasil”, no Estado, fruto da fusão do DEM com o PSL. É esse o passaporte que ele quer para se juntar ao Progressistas no Piauí. 

A cara dele

Confiante, Ciro Nogueira disse acreditar que Dr. Pessoa vai acompanhar o projeto de oposição em 2022. 

“A cara dele [Dr. Pessoa] é a oposição. Não é nada parecido com o que está aí não”, exclamou. 

Terceira via?

Indagado pelo Jornalista Elivaldo Barbosa, ao vivo, Dr. Pessoa desconversou um pouco e sinalizou a possibilidade de liderar, na verdade, uma terceira via no Estado.

E olhe que há poucos dias ele sentou-se à mesa, também, do secretário de fazendo, Rafael Fonteles, que é o pré-candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) ao governo do Piauí.

Página virada

Por sua vez, Robert Rios, vice-prefeito e secretário de finanças de Teresina, reservou-se a dizer apenas que vai seguir qualquer decisão que Dr. Pessoa tomar. Falou ainda que é "página virada” as desavenças ocorridas com Ciro Nogueira, a quem remetia sempre às investigações feitas pela Polícia Federal. 

“Página virada. Teresina precisa do concurso do ministro, precisa do concurso do governador. Quem está administrando Teresina não pode estar preocupado com sequela de eleições passadas”, finalizou. 

 O fato é que todos pregam cautela e dizem que “assuntos políticos” se resolvem apenas no próximo ano, mas o certo mesmo é que o café foi forte e que Dr. Pessoa parece ter gostado do volume e do sabor.

Dê sua opinião: