Terça, 29 de setembro de 2020   -     10:17 |

Coluna Coluna Feitosa Costa

Ciro Nogueira pede votos contra o próprio partido para não se juntar com o PT em São João do Piauí

Embora o Partido Progressista tenha fechado apoio ao candidato do MDB, Ednei Amorim, na cidade de São João do Piauí, Ciro Nogueira foi para a convenção do candidato opositor, Eduardo Moura (PSD), nesta terça-feira (15).

O Senador teria desrespeitado a decisão municipal de seu próprio partido para não se juntar ao grupo do atual prefeito e petista Gil Carlos, que é sobrinho de Ednei Amorim.

Com vereador em exercício, o Progressista é liderado na cidade pelo deputado estadual Hélio Isaías. A manobra de Ciro deixou o parlamentar numa situação desconfortável.

Num dos trechos da transmissão da convenção de lançamento da candidatura de Eduardo Moura, nas redes sociais, Ciro recomendou que o grupo faça uma grande bancada para não precisar da oposição.

Ele pediu ainda para trabalharem para derrotar seus próprios filiados. Ou seja, contra os membros do Progressista que fazem parte da base de Ednei.

Há quem diga nos bastidores que Ciro prega essa prática, mas faz o contrário, à nível nacional, depois que consegue se eleger.

Dê sua opinião: