Terça, 12 de novembro de 2019   -     09:03 |
5000onon

Tribunal do Júri julga acusado de matar namorada e jogar corpo no Rio Parnaíba em Teresina

 Foto: Reprodução 

Acontece hoje (15), o julgamento de Eduardo Pessoa Araújo, acusado de matar Maria Lara Fernandes da Silva, de 23 anos, em novembro do ano passado. O corpo da vítima foi encontrado no Rio Parnaíba, em Teresina. Eduardo será julgado pelo Tribunal Popular do Júri.

O julgamento é presidido pela juíza Rita de Cássia da Silva e o conselho de sentença é composto por cinco homens e duas mulheres. Nove testemunhas devem ser ouvidas ao longo do julgamento.

Para o Ministério Público, Eduardo Araújo cometeu o crime de homicídio triplamente qualificado por motivo fútil com utilização de recurso  que impossibilitou a defesa da vítima e feminicídio.  

De acordo com as investigações do  Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa  (DHPP), o crime teria sido motivado pelo fim do relacionamento. A vítima e o acusado tinham um relacionamento extraconjugal há quatro anos e Lara Fernandes queria por um fim na relação. A vítima sofria várias ameaças de morte e era agredida por Eduardo. No dia do crime, Eduardo atirou na testa de Lara e em seguida jogou o corpo no rio.

Eduardo foi preso em novembro de 2018, na BR-343, em Piracuruca, Norte do Piauí. No momento da prisão, ele estava praticando roubo em comércios e veículos da cidade com um comparsa. Ele ficou recluso no presídio de Altos.  

* Com informações do Piauí Hoje

Dê sua opinião: