5000onon

Suspeitos de assalto são baleados em tiroteio no Bairro Aeroporto

Homens são baleados e se acidentam ao colidir contra caçamba de entulho — Foto: Reprodução Homens são baleados e se acidentam ao colidir contra caçamba de entulho — Foto: Reprodução

Dois homens foram baleados e sofreram um acidente de trânsito ao colidir contra uma caçamba de entulho na tarde desta sexta-feira (8), na rua Pires de Castro, bairro Aeroporto, Zona Norte de Teresina. De acordo com a Polícia Militar (PM), testemunhas informaram que os homens estavam realizando assaltos quando foram feridos por disparos de arma de fogo, mas nenhuma vítima se apresentou para prestar depoimento.

“Fomos informados que estava acontecendo um tiroteio no local, e ao chegar lá encontramos duas pessoas feridas. Testemunhas informaram que elas cometendo assaltos na região e que alguém atirou contra elas, mas não souberam informar quem foi o autor dos disparos”, afirmou o tenente J. Edilson, do 9º Batalhão da PM ao G1.

As testemunhas relataram à polícia que após terem sido atingidos pelos disparos, os homens fugiram em uma motocicleta, mas não conseguiram ir muito longe, pois colidiram contra uma caçamba de entulho que estava na rua e caíram do veículo.

Os homens foram socorridos pelo Serviço De Atendimento Móvel De Urgência (Samu) e levados para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Segundo a assessoria do hospital, eles se identificaram como Francisco Rômulo Mendes da Silva e Diego Cesar Araújo da Silva.

Moto foi levada para a Central de Flagrantes de Teresina — Foto: Reprodução Moto foi levada para a Central de Flagrantes de Teresina — Foto: Reprodução

O HUT informou que Francisco Rômulo foi ferido com um tiro na cabeça e está inconsciente. Já Diego Cesar foi baleado na perna. O hospital comunicou que os dois ainda estão sendo submetidos a exames para avaliar os ferimentos.

A PM disse que nenhuma vítima compareceu para prestar queixa até o momento e que nenhuma arma de fogo foi encontrada no local onde os homens estavam. A moto foi levada para a Central de Flagrantes. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.

* Com informações do G1 PI




 

Dê sua opinião: