Quinta, 12 de dezembro de 2019   -     01:15 |
5000onon

PRF consta que Honda Civic dirigido pelo médico Tovar Luz invadiu a contramão

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nota oficial sobre a colisão frontal que vitimou o médico otorrinolaringologista Tovar Vicente Luz, de 36 anos. O acidente aconteceu na manhã desta terça-feira (10/09), na BR-343, próximo ao condomínio Fazenda Real, em Teresina. 

Segundo a PRF, ao chegar no local os policiais detectaram que o veículo de passeio, Honda/Civic, invadiu a faixa contrária colidindo frontalmente com o veículo de carga, Volvo/FH 540 6X4T. O condutor da carreta prestou todas as informações aos policiais e não apresentava indícios de ingestão de bebida alcoólica.  

 Foto: Reprodução / PRF

Além da PRF, compareceram ao local do acidente o IML, a Perícia Criminal e o Corpo de Bombeiros. O condutor do veículo de carga foi levado pela PRF para a Central de Flagrantes na cidade de Teresina/PI para os procedimentos cabíveis. 

 Foto: Reprodução

 Foto: Reprodução/ Facebook

Quem era o médico?

O médico Tovar Vicente Luz dirigia seu veículo, um Honda Civic, na manhã desta terça-feira (10/09) quando a colisão frontal com uma carreta que transportava cimento interrompeu a sua vida.

O otorrinolaringologista de 36 anos, nascido na cidade de Simplício Mendes, ia fazer atendimentos na cidade Altos e o seu falecimento comoveu familiares e amigos.

Inteligente, profissional e muito humano, como os amigos descrevem, Tovar teve uma vida dedicada aos estudos, com formações na Universidade Federal do Piauí, entre outras instituições pelo país.

Antes de perder a vida de forma trágica, ele também atendia no Hospital de Urgência de Teresina e também já passou pela Clínica Flávio Santos.

Casado desde o final do ano passado com Gabriela Matos, analista judiciária do Tribunal de Justiça do Piauí, ele gostava de viajar e compartilhar momento com a família. O sogro dele, Tadeu Matos, já foi secretário de Justiça do Piauí.

"Você que sempre foi uma pessoa de Luz" e   "humilde e de coração puro", são algumas das palavras dos amigos.

Tovar também atendia no interior do estado e era conhecido por seu profissionalismo. Nas estradas do Piauí que costumava dirigir, foi onde deu seu último suspiro de vida, deixando corações quebrantados com sua ausência.

* Com informações do 180 Graus

Dê sua opinião: