Quinta, 19 de setembro de 2019   -     03:35 |
5000onon

Polícia pede prisão de pai suspeito de estuprar e engravidar filha de 11 anos em Luís Correia

 Foto: Patrícia Andrade/G1

A Polícia Civil de Luís Correia, Litoral do Piauí, entrou com o pedido de prisão contra o pai suspeito de estuprar e engravidar a própria filha de 11 anos. O caso ficou conhecido na segunda-feira (26) depois que a menina deu à luz um bebê prematuro de seis meses.

Segundo o delegado João José Pereira, a Justiça acatou o pedido e os policiais estão em diligência para prender o suspeito, que se encontra foragido. A menina e o bebê continuam internados em estado grave.

"É questão de horas para prendemos ele. Antes do mandado de prisão ser expedido, o pai ficava fazendo rondas no hospital em que a criança está internada. Por medida de segurança, a direção acionou o Conselho Tutelar, que vem acompanhando a vítima e o bebê", destacou o delegado.

 Foto: Divulgação/ Polícia Civil

A gravidez da garota só foi descoberta depois que ela levou uma queda na escola e apresentou um sangramento. Os professores perceberam que a menina apresentava uma barriga diferente e acionaram o Conselho Tutelar.

Em seguida, a menina foi encaminhada para fazer exame de corpo de delito, que constatou a gravidez e ela precisou passar por uma cesariana. Conforme o delegado, os professores relataram que o pai da criança apresentava um comportamento estranho e exibia um carinho exagerado pela filha.

"A criança morava com o pai e a madrasta, que ainda não foi ouvida. Ainda estamos colhendo depoimentos, mas prioridade agora é cumprir o mandado de prisão", destacou. 

* Com informações do G1 PI

Dê sua opinião: