Quinta, 17 de outubro de 2019   -     15:14 |
5000onon

Polícia Militar prende quadrilha que planejava assaltos no Piauí

 Foto: Reprodução Cidades Na Net

A Polícia Militar de Picos prendeu, na noite desta quinta-feira (19), no bairro Mirolândia, próximo ao povoado Pai Amaro, município de Paquetá, uma quadrilha especializada em assaltos a mão armada.

Por volta das 21h00, uma guarnição da Força Tática foi acionada para dar apoio aos policiais da cidade de Ipiranga, os quais estavam em perseguição a uma dupla que acabara de tentar latrocínio a um comerciante local – roubo seguido de morte.

A dupla estaria em uma motocicleta Yamaha YBR Factor, de cor preta, e fugiu em sentido ao povoado Preá, em Dom Expedito Lopes. Na tentativa de intercepta-los, a PM pegou a estrada que dá acesso ao Paquetá e lá, foram informados pelos populares, que um Pálio preto estava em atitude suspeita e vinha sendo conduzido por uma mulher.

A polícia conseguiu encontrar o carro e, no momento, um dos passageiros tentou livrar-se de algo. Quando a PM foi ver do que se tratava, era um revólver calibre 38 com um cartucho intacto.

A guarnição pediu suporte à Polícia Rodoviária Federal e conduziram a Rita Maria da Silva, Bruno de Jesus Félix, Maurício Ferreira de Sousa Azevedo e Cláudio Batista da Silva para a Central de Flagrantes, os quais foram autuados por porte de ilegal de arma de fogo de uso permitido. 

 Foto: Reprodução

“Na abordagem, durante a entrevista, os suspeitos se contradisseram diversas vezes, e então foram conduzidos até a Central de Flagrantes para prestarem maiores esclarecimentos, onde de fato foi constatado que a arma de fogo pertencia a Sra. Rita Maria da Silva e que todos estavam planejando realizar assaltos na região”, dizia relatório policial.

Além do revólver e do cartucho, foram apreendidos o carro e um celular Xiaomi preto. Não se sabe se algum dos passageiros do carro tem ligação com o assalto em Ipiranga. A Polícia Civil agora investiga o caso.

“É importante frisar que, possivelmente, pelas características e informações colhidas, esse pessoal tem agido na zona rurtal. Então, provavelmente, estavam se preparando para agir. E, pelas informações, como o pessoal diz que esse carro tem andado aterrorizando por lá, possivelmente já fizeram algo, tenham agido em algum momento na região. Agora só com o trabalho de investigação da Polícia Civil, colhendo informações, pegando imagens e mostrando a fisionomia dos indivíduos, para saber se alguém mais irá reconhecê-los”, disse o 2º Tenente do 4º BPM de Picos, George Sanches. 

* Com informações do Cidades Na Net

Dê sua opinião: