5000onon

Polícia diz que suspeito de furtos a imóveis em Amarante usava filho de 9 anos para cometer crimes

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Um homem suspeito por diversos furtos a casas e estabelecimentos comerciais teria utilizado o próprio filho, um menino de nove anos, para ajuda-lo a cometer os crimes. O suspeito foi preso na tarde de sexta-feira (7), na cidade de Amarante, a 161 km de Teresina.

De acordo com o delegado Otony Neto, titular da Delegacia de Água Branca, o suspeito identificado como Jenilson Fernandes da Silva teria feito com que a criança invadisse os terrenos e casas que ele pretendia invadir, de forma que o menino trazia informações sobre o que havia dentro dos imóveis.

“Por ter só nove anos de idade, magrinho, a criança podia passar por grades e basculantes para fazer uma análise inicial da casa e saber se estava ocupada ou não. Caso fosse pegue lá dentro, a criança poderia dizer que era uma brincadeira, que havia deixado uma pipa cair no quintal, algo do tipo”, explicou o delegado Otony.

O delegado comenta que como o menino é menor de 12 anos, ele não pode ser responsabilizado criminalmente de nenhuma forma, mas o pai pode responder pelo crime pelo crime de corrupção de menores, além do processo por furtos qualificados.

Ainda segundo o delegado Otony, o homem preso é suspeito por inúmeros crimes na região. “Ele é suspeito de invadir seis casas só nos últimos trinta dias. São inúmeros crimes, a sociedade já cobrava essa prisão”, comentou o delegado.

O suspeito foi preso nas proximidades de sua casa, em uma ação conjunta da Polícia Civil com a Força Tática da Polícia Militar de Regeneração. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Água Branca, de onde deve ser encaminhado para uma penitenciária. O menino foi entregue à família da mãe. 

* Com informações do G1 PI

Dê sua opinião: