Terça, 15 de outubro de 2019   -     08:54 |
5000onon

PF cumpre mandados de prisão contra organização que desviou R$ 15 milhões em aposentadorias no Ceará

De acordo com o Portal Diário do Nordeste, a Polícia Federal cumpre mandados de prisão e busca e apreensão contra uma organização criminosa especializada em fraudar o beneficio previdenciário por idade rural no Ceará. O esquema causou prejuízo de R$ 15 milhões aos cofres públicos.

A Operação intitulada como Frenesi é realizada em parceria com o Ministério da Economia foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (26). 

Ao todo, são dois mandados de prisão preventiva, um temporário e outros 16 de busca e apreensão executados por cerca de 90 policiais federais, com o apoio de cinco servidores da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia. A operação é realizada em Fortaleza, Redenção, Maracanaú, Acarape e Pacatuba. As investigações iniciaram em 2014, após denúncia recebida pela Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT).

Servidor identificado

As investigações identificaram o servidor do INSS que estaria à frente de organização. O suspeito envolveu familiares e outras pessoas no esquema. 

O chefe da organização concedia benefícios rurais de aposentadoria por idade para pessoas da área urbana, que nunca foram trabalhadoras da zona rural, em troca de propina pagas com empréstimos consignados no benefício.

Os envolvidos responderão pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, estelionato majorado e inserção de dados falsos em sistemas corporativos do Governo Federal.

A PF acredita que, com a desarticulação da organização criminosa, serão evitados prejuízos aos cofres públicos na ordem de R$ 157,4 milhões.

Dê sua opinião: