Domingo, 26 de junho de 2022   -     04:20 |

Pastor foi morto em emboscada preparada para corretor, diz investigação

A investigação da morte do pastor Carlos Alberto de Oliveira Júnior com a do corretor de veículos Raí Rodrigues Lima aponta que o pastor não tinha relação com o crime e foi foi assassinado em uma emboscada preparada para o corretor.

A delegacia de Caxias está a frente a investigação, segundo o delegado Zilmar Santana, ele informou para o portal Cidade Verde que um dos principais suspeitos, identificado apenas como Natanael foi preso em fevereiro deste ano. Ele também tem envolvimento com o comércio ilegal de veículos.

A investigação da polícia aponta que o corretor Raí Rodrigues era envolvendo com a venda de veículos. “Ao que tudo indica, o corretor de veículos do Piauí vendia carros de procedência duvidosa para esse Natanael. Ele, por sua vez, tentava adulterar o veículo para vender na região. Nessa transação, a vítima que morreu, o corretor, ficou devendo dinheiro porque um dos carros que o Natanael comprou foi apreendido pela polícia e ele ficou no prejuízo”, destacou o delegado

Uma emboscada tinha sido preparada para matar Raí, como o pastor estava junto no dia do crime, acabou sendo vítima. "O pastor só estava com a pessoa errada e no lugar errado. Ao que tudo indica, ele não tinha relação alguma com a história”, disse o delegado.

As investigações ainda não foram encerradas.

Entenda o caso

O pastor Júnior e Raí saíram de juntos na noite de 11 de janeiro. O pastor informou à família que iria com Rui fazer a entrega de um carro no bairro Aeroporto, na zona Norte de Teresina. Eles ficaram de voltar de carro de aplicativo para casa, mas desapareceram. 

Dê sua opinião: