5000onon

Urgente: Mais um assaltante dos bancos de Campo Maior é morto pela polícia na capital

Um criminoso mineiro identificado apenas como Raimundo foi morto durante um confronto com a polícia na manhã desta quinta-feira (09) no sítio Mangaratiba, situado na BR 343, zona leste de Teresina.

Ele é acusado de participar da quadrilha que explodiu as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal em Campo Maior no dia 30 de abril deste ano. Ao todo, nove assaltante foram mortos.

Raimundo estava sendo procurado pela polícia desde a manhã da quarta-feira (08), quando foi deflagrada uma operação integrada da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil do Piauí, Polícia Militar e Guarda-Civil Municipal de Teresina.

Os oficiais foram acionados por volta de 07h20 pelo dono da propriedade, de acordo com o comandante de Operações Especiais da Polícia Militar do Piauí, coronel Márcio Oliveira. “Nós estávamos aqui com a equipe do BOPE quando chegou um cidadão, proprietário desse sítio, dizendo que o caseiro dele estava ligando informando que havia alguma coisa estranha lá. Então, como nós estávamos bem próximo, chegamos rapidamente.

Na manhã de ontem, o criminoso juntamente com  Marcelo Negão abordaram um veículo modelo UP de cor vermelha na Pi 113, que havia saído de Barras com direção a Teresina, com cerca de 5 reféns. Na barreira, liberaram os reféns e conseguiram fugir da polícia.

NOTA DA SECRETARIA DE SEGURANÇA

A Secretaria Estadual da Segurança Pública informa a morte do nono envolvido no roubo as agências bancárias de Campo Maior na manhã desta quinta-feira, 09. O homem identificado como Raimundo, natural de Uberlândia (MG), foi morto no confronto com a polícia na localidade do sítio Mangaratiba, na BR 343, que liga Teresina à cidade de Altos. Participaram da ação Polícia Civil, Policia Militar e Força Tarefa da SSP/PI.

Dê sua opinião: