5000onon

Filho de coronel e outros 4 são presos acusados de explodir bancos de Campo Maior

A Força-Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) já prendeu cinco acusados de participar do roubo a duas agências bancárias em Campo Maior. Dentre os presos está o filho do coronel Francisco Prado, ex-comandante da PM-PI.

Segundo o chefe de Cartório da 5ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Maior, Baker Martins, os acusados foram identificados como Dyego Harmando Cardoso Rocha, Hassan Rufino Borges Prado Aguiar, Emerson Souza Da Silva, Vinicius Pereira Da Silva Junior, Josenverton Dos Santos Sousa. Sendo que Hassan Rufino Borges Prado Aguiar é filho do coronel Francisco Prado, ex-comandante da PM-PI, que morreu em abril de 2015.

“Divulgamos hoje os membros da quadrilha que já foram presos e a identificação deles, com nome completo, eles têm envolvimento direto no roubo, já teve os cinco mortos em Cocal e as diligências continuam ainda na região da cidade”, informou.

Seis suspeitos ainda foragidos 

Ainda de acordo com a Polícia Civil de Campo Maior, seis suspeitos dos ataques ainda estão escondidos na mata no município de Cocal. Participaram da ação policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), Diretoria de Inteligência, Polícias Civil e Militar de Campo Maior, Piracuruca, Piripiri, Barras, Batalha, Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Divisão de Operações Especiais da PC-PI e Comando Tático Rural (Cotar) do Ceará com apoio aéreo.

*Com informações adicionais do GP1

Dê sua opinião: