Sábado, 20 de julho de 2019   -     12:55 |
5000onon

Empresário é preso com comprimidos de rebite, armas e cocaína em Piracuruca

 Foto: Divulgação/ PC-PI

O empresário Luiz Gonzaga Fortes Fontenele, dono de uma churrascaria localizada na cidade de Piracuruca, foi preso nessa quarta-feira (10) com 818 comprimidos de rebite, além de cocaína, armas e munições, após denúncia anônima feita à Polícia Civil. Ação se deu dentro da Operação Impacto, deflagrada na manhã de ontem.

De acordo com o delegado Hugo Alcântara, os policiais receberam a informação que o dono do local, que é bastante conhecido no município de Piracuruca, vendia rebites para caminhoneiros que passavam diariamente em seu estabelecimento, onde também há um posto de combustíveis e um hotel.  

“No decorrer da operação, a gente recebeu uma denúncia anônima que nessa churrascaria estaria ocorrendo a venda de entorpecentes. Fomos apurar e quando chegamos lá vimos que a denúncia tinha certa procedência, pois havia dito se escondia parte da droga. Pedimos para olhar, o empresário forneceu acesso ao local e localizamos em uma caixa de sapatos uma quantidade de rebite, mais duas trouxinhas de cocaína”, frisou.

Os policiais continuaram a realizar buscas no local e acabaram encontrando outra quantidade maior de comprimidos de rebite, além de remédios para impotência sexual e o empresário acabou confessando que vendia o material.

“Encontramos uma pistola calibre .380, várias munições de calibre .380 e .38, além de balança de precisão e grande quantidade de dinheiro que estava junto com o rebite. A partir daí, informalmente, o dono do restaurante confessou que realmente vendia rebite, afirmou desconhecer a questão das trouxinhas de cocaína, disse que a arma era dele e o dinheiro também”, pontuou.

Ao ser conduzido até a delegacia, Luiz Gonzaga afirmou ainda que possuía uma espingarda calibre .12 em sua residência. Os policiais se deslocaram até a casa dele, onde encontraram a referida arma, que estava com numeração raspada, além de 15 munições calibre .12 e um pente com 10 munições calibre .22.

Luiz Gonzaga Fortes Fontenele foi autuado por posse de arma de fogo de uso permitido, em razão da pistola que foi apreendida, por posse de arma de fogo de uso restrito, pois a espingarda estava com numeração raspada e, assim, se equipara a uso restrito. Além disso, o empresário foi autuado por tráfico de drogas e por venda de medicamentos sem procedência legítima. Ele permanece preso e será encaminhado para audiência de custódia. 

* Com informações do Gp1

Dê sua opinião: