Terça, 13 de abril de 2021   -     17:12 |

Em dois meses, PI registrou mais de mil ocorrências de violência contra a mulher e três feminicídos

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) informou, nesta quinta-feira (25), que em dois meses deste ano, janeiro e fevereiro, foram registrados 1.051 boletins de ocorrência de violência contra a mulher e três feminicídios no estado.

Segundo a SSP-PI, as ocorrências registradas neste período representam um aumento de 13,37% em relação ao mesmo período de 2020, quando foram registradas 927 ocorrências.

Em janeiro de 2020 foram 422 boletins e em janeiro de 2021 foram 572 boletins. Comparando com fevereiro, o número reduziu 5,15%.

Em relação aos feminicídios, foi registrado em janeiro um caso e em fevereiro, dois casos. No ano de 2020, foram 27 casos de feminicídios em todo o Piauí.

Um dos casos de feminicídio registrado nesse período foi o de Alzinete de Carvalho Mendonça, de 32 anos, no dia 19 de fevereiro, em Uruçuí, Sul do estado. O crime chocou a população.

Segundo a polícia, Edgarden Erkine Pereira dos Santos, de 34 anos, esperou a ex-companheira por cerca de 40 minutos, antes de atacá-la, quando a vítima chegava ao trabalho.

O fato foi registrado por uma câmera de segurança

Violência em Teresina

Em relação às ocorrências de violência em Teresina, os bairros Itararé e Parque Ideal, na Zona Sudeste, tiveram mais de 24 registros.

Já os bairros Santa Maria da Codipi, Parque Brasil, Mocambinho, Cabral, Centro, Piçarra, Santo Antônio e Angelim, tiveram entre 13 e 24 registros.

Na capital, vários bairros não possuem registros de violência contra mulher, são eles: Chapadinha, Tabajaras, Socopo, Cidade Jardim, Morros, Vale Quem Tem, Novo Uruguai, Embrapa, Buenos Aires, Zoobotânico, Monte Alegre, Cabral, Noivos, Vermelha, Macaúba, Pio XII, Tabuleta, Santa Luzia, Catarina, Bela Vista, Distrito Industrial, Parque Jacinta, Verde Cap, Bom Princípio, Flor do Campo.

Denúncias

Vítimas podem fazer denúncia pelo aplicativo Salve Maria — Foto: Lucas Marreiros/G1

Vítimas podem fazer denúncia pelo aplicativo Salve Maria — Foto: Lucas Marreiros/G1

O aplicativo Salve Maria recebeu nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, 77 denúncias ou acionamentos no aplicativo Salve Maria.

A Secretaria de Segurança Pública informou que além do aplicativo Salve Maria, é possível fazer denúncias como o uso do 190, que é o telefone da Polícia Militar, ou então pelo site da Delegacia Eletrônica.

Dados

Esses dados divulgados foram elaborados pelo Núcleo de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Segurança, com base nos números de registros de boletins nas Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher no Piauí

O boletim é produzido a partir da quantidade de boletins registrados e não número de crimes. Tem como fontes o Sistema de Boletins de Ocorrência (SISBO) e o SINESP PPE, ambos da Polícia Civil do Piauí.

Fonte: G1

Dê sua opinião: