Sábado, 14 de dezembro de 2019   -     19:12 |
5000onon

DHPP prende terceiro acusado de matar jogador na zona norte de Teresina

Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam nesta quarta-feira (14), Vagner Davio Carvalho de Almeida, 19 anos, o terceiro suspeito de ter assassinado do jogador de futebol Helton Carlos no dia 14 de junho na Vila Operária, zona norte de Teresina.

O DHPP informou ao GP1 que Vagner é acusado de ter se aliado a outros dois suspeitos para matar os assassinos de sua mãe, Lia Raquel Soares de Carvalho. Ela foi esfaqueada por dois usuários de drogas em 2008, na Vila Operária.

 Foto: Divulgação/DHPP

Na época do crime, Vagner era criança e cresceu buscando vingança. Helton Carlos, vítima do crime, estava jogando futebol com um dos alvos do acusado no dia 14 de junho e foi assassinado com disparos de arma de fogo na cabeça por engano.

Ainda conforme o DHPP, Vagner Davio já havia sido preso em flagrante em abril deste ano, arremessando pilhas para detentos da Casa de Custódia.

Prisão dos outros suspeitos

No dia 12 de agosto, os policiais da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, realizaram a prisão de Anderson Carvalho da Silva, apontado como o segundo suspeito do crime que vitimou o jovem.

O primeiro suspeito, identificado como Lucas Felipe dos Santos Melo, foi preso no dia 7 de agosto por policiais do DHPP. Um levantamento inicial feito pela polícia não descartava a possibilidade de Helton ter sido morto por engano.

Entenda o caso

Um jovem identificado como Helton Carlos dos Santos Sousa, de 18 anos, foi assassinado a tiros, na noite do dia 14, por volta das 20h30min, na Praça da Igreja da Vila Operária, zona norte de Teresina.

A Polícia Militar informou ao GP1 que três homens chegaram em duas motocicletas atirando contra um grupo de pessoas que estava no local. A vítima participava de um projeto social de futebol e trabalhava no Comercial Carvalho como menor aprendiz.

* Com informações do GP1

Dê sua opinião: