Terça, 29 de setembro de 2020   -     11:34 |

Chefão do Baixo Parnaíba, Haroldo é morto pela polícia durante troca de tiros em Miguel Alves do Piauí

Haroldo Pereira de Araújo, o Haroldo, chefe de um grupo criminoso que estabeleceu um clima de terror no Baixo Parnaíba a partir da crença de que tem "pacto com o capeta", foi morte neste sábado (05), numa mata da zona rural do município de Miguel Alves, em confronto com agentes das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) da Polícia Militar do Piauí.

Consta que a esposa do criminoso, que estava em sua companhia no momento da abordagem, também foi baleada e morta. O nome ainda não foi revelado pelas autoridades.

Os corpos foram levados numa caminhonete pela polícia para o hospital Pedro Vasconcelos de Miguel Alves.

Haroldo era cruel com suas vítimas durante os delitos que praticava. Matou e feriu pessoas, efetuou assaltos e roubos, aterrorizou trabalhadores e ameaçou até invadir uma escola para matar estudantes na zona rural de Nossa Senhora dos Remédios. 

Ele comandou por anos uma audaciosa quadrilha especializada neste tipo de crime, com rotas estratégicas nas matas fechadas da região. A morte do psicopata é sinal de alívio para diversas pessoas que foram vítimas de suas atrocidades.


Dê sua opinião: