Segunda, 26 de julho de 2021   -     16:39 |

Assista: Investigadores desmentem advogada e apontam o assassino de Izadora Mourão no Piauí

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) divulgou um vídeo que reproduz a versão sustentada pela Polícia Civil no caso Izadora Mourão, advogada morta a facadas, na cidade de Pedro II do Piauí.

Na simulação, o homem representa João Paulo Mourão, irmão da advogada. Ele aparece com uma faca na mão e desfere golpes na irmã, que dorme na cama do quarto.


Na reprodução do DHPP, Maria Nerci aparece ao lado de João Paulo assistindo e auxiliando o  filho no assassinato de Izadora. A versão desmente a que foi apresentada pela advogada do acusado, de que a mãe da vítima havia praticado o crime.

A perícia convenceu a polícia de que a posição dos golpes de faca feitos em Izadora favorece o lançamento  de sangue encontrado no vestido da mãe dela, Maria Nerci.

CONFIRA NA MATÉRIA DA TV CIDADE VERDE 

O CASO

Izadora Mourão, 41 anos, era advogada, e foi assassinada a facadas no dia 13 de fevereiro deste ano na casa em que morava com a família, na cidade de Pedro  II, a 195 Km de Teresina. O irmão dela, advogado e jornalista João Paulo Santos Mourão, está preso suspeito do crime. A mãe Maria Nerci foi indiciada por coautoria e fraude processual. Ela está em prisão domiciliar.

A investigação apontou que havia uma disputa na família por herança. 

Dê sua opinião: