Terça, 15 de outubro de 2019   -     08:57 |
5000onon

Acusado de assassinar professor em assalto é condenado a 30 anos de prisão no Piauí

Foto: Gustavo Almeida/G1 PI

Mauro Lúcio da Silva foi condenado a 30 anos de prisão pelo assassinato do professor Landel Lima Franklin, de 22 anos, na cidade de São Pedro do Piauí. A sentença foi dada nessa segunda-feira (5) pelo juiz Francisco das Chagas Ferreira, da Vara Única da Comarca da cidade.

O crime aconteceu em setembro de 2017 quando o educador retornava da escola que dava aula, para casa, e foi abordado por assaltantes. Landel Franklin foi atingido por um disparo de arma de fogo na cabeça.

Na decisão, o magistrado explica que o crime foi um latrocínio devido ao uso da violência que resultou na morte da vítima durante o roubo, independente do acusado ter levado ou não algum pertence do professor.

O juiz Francisco das Chagas Ferreira reconheceu que o motivo do crime foi fútil, já que o acusado matou a vítima para roubar uma motocicleta, e determinou que a pena deve ser cumprida inicialmente em regime fechado.

O crime

De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público, na noite de 25 de setembro de 2017, a vítima voltava da escola onde trabalhava, para casa, conduzindo sua motocicleta, quando foi abordada pelo denunciado e outra pessoa.

Ainda segundo a denúncia, Mauro Lúcio disse para o professor "para a moto, isso é um assalto", mas não foi atendido e efetuou um disparo de arma de fogo contra a vítima, que caiu do veículo.

Os acusados fugiram em seguida e a vítima ligou para a mãe relatando o que tinha acontecido. Familiares do professor foram até seu encontro para socorrê-lo e o encontraram sangrando. Ele relatou a eles o ocorrido.

A vítima foi levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. De acordo com o exame cadavérico, o professor morreu em virtude de uma hemorragia cerebral consequente do disparo de arma de fogo.

* Com informações do G1 PI

Dê sua opinião: