Terça, 12 de novembro de 2019   -     08:36 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

Vereador do PP pede alteração no próprio nome para homenagear Bolsonaro

O vereador Jair di Gregório, do Progressistas de Ciro Nogueira, apresentou há 15 dias na Câmara Municipal de Belo Horizonte (CM-BH) um requerimento para mudar o próprio nome no painel eletrônico da casa em homenagem ao presidente Jair Bolsonaro (PSL). 

Em vez de apenas “Jair Di Gregório”, como era exibido anteriormente, agora o nome dele será apresentado como “Jair Bolsonaro Di Gregório”.

Segundo o parlamentar, o pedido é uma homenagem ao presidente Jair Bolsonaro (PSL). “É uma homenagem a ele e ao projeto Escola Sem Partido, que vamos aprovar aqui na Câmara. A esquerda está obstruindo, mas estamos lutando e tenho certeza da aprovação”, disse na tribuna da câmara. 

EXCLUSIVAS

Inadmissível

Não pode ficar em pune o crime bárbaro praticado nas praias do litoral do nordeste.

Toneladas de óleo foram derramadas para matar nossos animais e poluir nossas riquezas. 

Passou

Percebe-se que foi afastado qualquer perigo da doença de mormo em animais no Piauí.

Era tempestade

O deputado João Madson tava certo: fizeram uma tempestade em copo d'água sem medirem às consequências negativas para o setor agropecuário do Estado.

Que dirá no Piauí

A divulgação irresponsável desse tipo de informação pode derrubar a economia de uma nação. 

Eventos do setor agro e importações de animais seria imediatamente interrompidos, causando prejuízos bilionários. 

Foi importante

A agilidade do governo, em parceria com setores laboratoriais, para acalmar os produtores e criadores de animais, foi primordial para evitar uma crise sem precedentes no Piauí.

Cenário barrense

O jovem vereador Vinicio Marques, filho do ex-prefeito Chico Marques, está sendo cotado para disputar a prefeitura de Barras em 2020.

Muito bem avaliado pela população e com apoio do deputado Temístocles Filho, Vinicio é visto como um jovem capacitado para ocupar o cargo de prefeito da terra dos governadores.

De olho aberto

A população da cidade de Porto anda desconfiada das promessas de geração de emprego feitas pelo prefeito Dó Bacelar.

É que toda semana o gestor muda o discurso e a quantidade de vagas nas "empresas" de investidores da "China".

Chacota

Dó Bacelar, na verdade, tem sido alvo de risos de outros gestores da região. É que ele tentou emplacar o mesmo plano em outras cidades, mas ninguém acredita na pirotecnia. 

Começou com a promessa de 12 mil empregos, caiu para 6 mil, depois 2 mil e agora 700. 

Qual o plano

Dó Bacelar jura de pés juntos que tem parceria com empresários da China por meio de uma "Câmara do Mercosul". 

Nem o governador conseguiu tal façanha. Quem acredita? 




Dê sua opinião: