Terça, 28 de janeiro de 2020   -     08:23 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

PSOL quer prioridade para adolescentes criminosos nas vagas de emprego

De autoria das deputadas Dani Monteiro e Mônica Francisco, ambas do PSOL, o Projeto de Lei 940/2019, que tramita na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), determina que ao menos 500 postos de trabalho devem ser criados, prioritariamente, para adolescentes infratores. 

Na prática, conforme indicação das parlamentares, o projeto dá preferência na contratação de menor aprendiz a adolescentes que tenham cometido "ato infracional" (eufemismo para "crime”) e estejam cumprindo "medida socioeducativa" (eufemismo para "pena").

A medida, como não poderia ser diferente, tem causado revolta nos mais diversos setores sociais do Rio de Janeiro, cidade onde os índices de desemprego batem recorde neste ano. 

O procurador Marcelo Rocha Monteiro fez uma dura crítica nas redes sociais: "Então, meu amigo, se aquele seu filho ou sobrinho de 17 anos, que sempre levou uma vida correta, estiver disputando uma vaga de emprego (aprendiz) com um outro adolescente que já praticou roubo à mão armada, a preferência é do assaltante".

"O PSOL tem uma função muito importante na política brasileira: ele nos ensina que, por incrível que pareça, existe coisa ainda pior que o PT", classificou o procurador. 

O que dizem as deputadas? 

As vagas atenderão, de acordo com o texto, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade ou risco social, vindos de família com renda per capita de até um salário mínimo, que estejam estudando no ensino fundamental ou médio, na rede pública. 

Pois é, mas a população já sabe que as vagas serão retiradas de quem tem conduta ilibada (acorda cedo para estudar e ajudar no sustento familiar) para favorecer menores “infratores”. 

EXCLUSIVAS

NINGUÉM VIU

Deixa a desejar, segundo políticos mais comprometidos com a imagem da classe, a atuação da deputada Dra.Marina na Câmara Federal.

O PÉ FRIO DE ZIZA

Quando o Grêmio enfrentou o Flamengo na disputa para a final da Libertadores, Ziza Carvalho torceu pelo Grêmio e o time gaúcho perdeu; na final da Libertadores, torceu pelo River e deu no que deu.

Definitivamente Ziza Carvalho é um tremendo pé frio.

PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR

Um conhecido espertalhão nordestino mantém dois escritórios "laranjas" para demandar contra o Estado e ainda oferece pareceres favoráveis.

Isso acontece num estado nordestino.

GANHA PARA DEFENDER

Esse espertalhão não pode trabalhar contra o Estado e por isso tem os escritórios "laranjas" para comer dos dois lados.

Em 2020 terá problemas "com os homens" lá no estado em que opera.

FÁBRICA DE PARECERES

No estado em que opera, o espertalhão anda com a cara fechada como se fora uma vestal mas é apenas um parafuso mais grosso de uma engrenagem que opera desde o final dos anos 90 quando comandou a "fábrica" de pareceres.

ESQUENTA PARA 2022

Pesquisa da Revista Veja mostra que Lula perderia para Moro e Bolsonaro. 

No segundo turno, Moro derrotaria o petista com uma margem muito mais folgada do que Jair Bolsonaro: 48% a 39%.

Bolsonaro, em eventual confronto, derrotaria Lula (na hipótese de que ele ainda estivesse solto) por 45% a 40%.

IMAGINE ELES JUNTOS

Moro e Bolsonaro somam 72% das intenções de votos, conforme pesquisa da Revista Veja. 


Dê sua opinião: