Segunda, 22 de julho de 2019   -     18:07 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

Presidente do PDT confirma processo contra Flávio Nogueira e Gil Cutrim por terem votado a favor da reforma

Durante entrevista que concedeu hoje muito cedo a uma rádio gaúcha, o presidente do PDT, Carlos Lupi, que está sendo chamado de "coronel do atraso", confirmou a instalação de um processo interno do Partido que tem por objetivo  expulsar do Partido o deputado piauiense Flávio Nogueira, e de mais sete outros parlamentares que desobedeceram o fechamento de questão do Partido votando a favor do texto básico da reforma da
previdência na noite desta quarta-feira, 10, contribuindo para o elástico placar de 379 votos a favor da proposta do Governo.

Horas antes da votação, o "coronel do atraso", anunciou que a direção do PDT não admitiria desobediência de qualquer deputado da agremiação.

Entre os oito deputados federais que desobedeceram a ordem do "Coronel", está Gil Cutrim, aliado do governador Flávio Dino, que tem sido radical na oposição ao Governo de Jair Bolsonaro.

Cutrim é conhecido por ter postura de independência na votação de matérias que considera importantes para o país, posicionando-se de acordo com sua consciência .  

 Deputado Gil Cutrim (Foto: Reprodução)

Dê sua opinião: