Sábado, 20 de julho de 2019   -     13:45 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

Prefeitura não paga aluguel e vítimas do parque rodoviário podem ser despejadas

Vinte e cinco famílias desabrigadas pela tragédia do parque rodoviário, ocorrida no dia 04 de abril deste ano, quando uma lagoa transbordou e devastou o bairro inteiro de Teresina, arrastando casas, carros e moradores, correm riscos de serem despejadas porque a prefeitura não está pagando o aluguel das casas.

A tragédia deixou mais de 40 pessoas feridas e duas mortas naquela noite de terror.

Ocorre que agora os moradores correm risco de serem despejados das casas alugadas após o triste acontecimento porque os proprietários ameaçam retirá-los das residências caso os pagamentos não sejam feitos nas próximas horas pela prefeitura da capital.

Uma das vítimas, Raimundo Mendes, denunciou ao Portal Carta Piauí que a maioria dos desabrigados estão arcando com os gastos do próprio bolso desde o 1º mês para permanecer nas residências alugadas, sem nenhum amparo ou direcionamento da gestão de Firmino Filho (PSDB).

"A prefeitura divulgou uma nota na sexta-feira (14) que iria depositar o dinheiro no prazo de 48h, mas, até agora, nada".

Os familiares da Sra. Maria das Graças Oliveira Bacelar, idosa de 70 anos que faleceu na enxurrada, nunca receberam o dinheiro necessário para custear as despesas com locação de um local seguro enquanto são realizadas investigações para descobrir a causa da tragédia, diz a denúncia.

Dê sua opinião: