Segunda, 22 de julho de 2019   -     18:11 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

Marcelo Castro trabalha candidatura ao Governo

Marcelo Castro tem calculado todos os passos rumo a uma candidatura ao Palácio de Karnak do Piauí.

Primeiro, conquistou a confiança de 80% de quem realmente influencia às decisões dentro do Partido dos Trabalhadores (PT), que tem o governador do Estado.

Em segundo, se movimenta em Brasília como um senador imparcial que vota o que for melhor para o Brasil.

Esse comportamento, no raciocínio de Marcelo, lhe proporciona o bom relacionamento com o PT e sugere ao Planalto uma imagem de equilíbrio, de um político sensato, não ideológico.

Senador Marcelo Castro (MDB-PI) - Imagem/Reprodução

O senador do MDB sabe que dentro do PT tem dois adversários: Rafael Fonteles, de indiscutível capacidade técnica há frente da Secretaria de Fazenda e a vice-governadora Regina Sousa.

Político experiente, Castro calcula que, para ter chances, Fonteles dependerá de uma boa situação das finanças do Estado na época da eleição.

Quanto a Regina Sousa, seria uma candidatura que dependeria fundamentalmente da imagem do Governo na época.

É óbvio que o senador faz pelo menos duas projeções para quando a eleição chegar: uma para ser aliado de um governo que esteja popular e outra para se desvencilhar.

Dê sua opinião: