Domingo, 17 de outubro de 2021   -     14:08 |

Coluna Coluna Feitosa Costa

Hospitalizado em Teresina, Soliney Silva chora e diz que o filho prefeito quer a sua morte

Nascido de tradicional família de São João do Piauí, o ex-prefeito Soliney Silva está internado no hospital da Unimed de Teresina com um grave quadro de saúde. 

Mesmo assim, do leito em que se encontra, teria gravado três áudios que circulam nas redes sociais em que denuncia alta roubalheira na Prefeitura de Coelho Neto-Maranhão, comandada hoje pelo seu próprio filho, Bruno Silva, 32 anos, eleito em novembro do ano passado pelo PP.

Empresário piauiense cuja família era proprietária de uma empresa de ônibus, Soliney se casou com uma filha da família Guanabara de tradição política no Maranhão, principalmente em Coelho Neto.

Habilidoso, Soliney logo se transformou no líder político da família da mulher, conseguindo se eleger prefeito de Coelho Neto, um dos mais importantes municípios do Maranhão, localizado no Baixo Parnaíba.

Tempos depois, Soliney perdeu a eleição mas conseguiu voltar ao poder cedendo-o novamente para a oposição.

Diante da desastrosa administração do sindicalista  Américo, respaldado integralmente pelo deputado Rafael Leitoa, de Timon, a família Guanabara e Soliney lançaram seu filho, Bruno Silva, que obteve quase o dobro dos votos do petista Américo.

Consta que Soliney, desde o início da administração estava insatisfeito por não ter sido ouvido pelo filho na montagem do secretariado enquanto a família da mãe dava respaldo às decisões do prefeito.

OUÇA OS ÁUDIOS



Dê sua opinião: