Quinta, 24 de setembro de 2020   -     21:23 |

Coluna Coluna Feitosa Costa

Exclusivo: Mentora de protocolo contra covid-19 pega a doença, faz a própria medicação e fica curada

O Portal Carta Piauí obteve com exclusividade a informação de que a Doutora Marina Bucar Bajurd, médica e pesquisadora, que reside na Espanha, mentora do protocolo à base de Hidroxicloroquina, Azitromicina e Corticóides que cura pessoas infectadas pelo coronavírus, contraiu a doença nos últimos meses, fez a própria medicação e ficou curada.

A confirmação é a prova da eficiência dos remédios compartilhados por Marina com profissionais da medicina para salvar vidas de centenas de pacientes no Brasil inteiro.


Marina Bucar Barjud trabalha na linha de frente no combate à doença no Hospital HM Puerta del Sur, em Madrid, na Espanha.

Foi ela quem orientou um grupo de médicos do Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, interior do Piauí, sobre procedimentos que salvaram oito pacientes do coronavírus com aplicação de um eficiente coquetel à base de hidroxicloroquina, azitromicina e corticóides em fases iniciais dos sintomas da doença.

Esta Coluna publicou nesta semana, em 1ª mão, que os pacientes deram entrada com sintomas da doença e foram submetidos aos procedimentos nas fases I (infecciosa) IIA (inflamatória sem hipóxia). Conforme o oncologista Sabas Vieira, com rápida evolução positiva dos quadros clínicos após aplicação dos remédios, nenhuma das pessoas precisaram ser internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).


A médica Marina Bucar Barjud, também de Floriano, tratou mais de 600 pacientes com o coronavírus em Madrid, onde a mortalidade por Covid-19, a partir dos mesmos procedimentos, caiu de 20% para 1,8%, nos últimos dias.

COMITIVA PRESIDENCIAL

A pedido de Jair Bolsonaro, Damares Alves visitou nesta quinta-feira, 13, acompanhada de técnicos da Saúde e da Ciência e Tecnologia, a Floriano (PI), o Hospital Regional Tibério Nunes, que tem utilizado a cloroquina no tratamento de pacientes com a covid-19.

“A gente veio ver o milagre do uso da cloroquina associada a outros medicamentos. Pessoas estão sendo salvas em Floriano, é extraordinário. Eu vim ver a união de forças, de médicos, de técnicos da Atenção Básica de Saúde aos médicos do Hospital Regional, eles estão salvando vidas. Aqui em Floriano, o prefeito decidiu não cavar covas, mas salvar vidas”, declarou Damares.

Dê sua opinião: