Quarta, 28 de outubro de 2020   -     19:54 |

Coluna Coluna Feitosa Costa

Ciro Nogueira lidera ranking de gastos do cotão com alimentação em 2019

O poderoso senador Ciro Nogueira (PP) foi o que mais usou a cota parlamentar para pagar despesas com alimentação em 2019.

O ranking foi montado por O Antagonista a partir de um recorte dos dados disponíveis no Portal da Transparência do Senado feito pela equipe do senador Jorge Kajuru (Cidadania), que não gastou um real do cotão para esse fim.

A cota parlamentar é dinheiro público a que os congressistas têm direito para pagar quase tudo o que você puder imaginar. No caso do Senado, o valor anual disponibilizado varia de 252,5 mil reais a 531,3 mil reais, a depender da unidade da Federação que o parlamentar representa.

Conforme O Antagonista, em tese, o cotão só deve ser usado quando há alguma relação do gasto com a atividade parlamentar. Mas, nos últimos meses, que nem sempre assim. O senador piauiense Ciro Nogueira, que está no topo do ranking, pediu, por exemplo, o ressarcimento de pizzas compradas domingo à noite em Teresina — veja aqui.

Ciro Nogueira (PP-PI) - Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Os gastos com alimentação, objetos deste levantamento, compõem uma categoria que também inclui despesas com aluguéis de carro, combustíveis e hospedagens.

Além de Kajuru, outros 49 senadores não usaram o cotão para alimentação em 2019. Do montante total gasto pelos 31 senadores que recorreram ao Senado para pagar essas despesas — R$ 129.011,16 –, 37% se referem às notas apresentadas pelos três primeiros do ranking: Ciro Nogueira (PP), Humberto Costa e Mailza Gomes (PP).

Eis o ranking:

1. Ciro Nogueira: R$ 19.119,05
2. Humberto Costa: R$ 18.441,06
3. Mailza Gomes: R$ 11.252,92
4. Major Olímpio: R$ 9.337,38
5. Elmano Férrer: R$ 9.123,24
6. Telmário Mota: R$ 8.364,32
7. José Maranhão: R$ 5.526,31
8. Luis Carlos Heinze: R$ 5.255,84
9. Carlos Viana: R$ 5.203,67
10. Flávio Arns: R$ 4.662,30
11. Fabiano Contarato: R$ 4.423,99
12. Lucas Barreto: R$ 3.604,76
13. Daniella Ribeiro: R$ 3.312,42
14. Zequinha Marinho: R$ 2.947,59
15. Alessandro Vieira: R$ 2.179,03
16. Nelsinho Trad: R$ 2.117,66
Flávio Bolsonaro: R$ 1.894,86
18. Kátia Abreu: R$ 1.721,01
19. Soraya Thronicke: R$ 1.700,95
20. Rodrigo Cunha: R$ 1.665,24
21. Juíza Selma: R$ 1.146,50
22. Lasier Martins: R$ 918,32
23. Chico Rodrigues: R$ 852,00
24. Esperidião Amin: R$ 835,53
25. Ângelo Coronel: R$ 795,47
26. Mecias de Jesus: R$ 757,60
27. Jaques Wagner: R$ 663,63
28. Irajá: R$ 400,00
29. Antônio Anastasia: R$ 361,00
30. Confúcio Moura: R$ 307,01
31. Eduardo Gomes: R$ 120,50

Dê sua opinião: